AltoQi

Otimização da planta de formas

Escrito em 01 de fev de 2018 por: , na categoria: Melhorias em recursos, Release 1

Conforme informado no post sobre as Diretrizes do Eberick 2108 Next, dentre os recursos que estão sendo implementados citamos a otimização e aprimoramento de detalhamentos, que contarão com recursos para que sejam gerados de forma ainda mais eficiente e completa.

A primeira etapa de tais otimizações corresponde ao aprimoramento de critérios e novas configurações para a geração automatizada da planta de formas, acerca da posição dos textos de lajes, vigas e pilares. No caso das lajes, a configuração para otimização da posição da simbologia permanece a mesma, porém os critérios de otimização foram aprimorados. Antes, a simbologia das lajes era reposicionada para evitar sobreposição com linhas das seções de pilares e vigas, representações de cargas e aberturas. Agora, além destes elementos, a posição da simbologia também levará em conta todos os textos da forma, evitando a sobreposição da simbologia com estes elementos.

Figura 1 – Planta de formas antes e depois das otimizações implementadas

Em relação aos textos das vigas e pilares, além das otimizações descritas acima, foi implementado ainda um critério adicional para posicionamento do texto usando um indicador, que poderá ter um afastamento de até 4 vezes em relação à altura do texto da viga. Este afastamento é definido pelo usuário, através da nova configuração criada:

Figura 2 – Nova configuração para posicionar texto da viga

OBS: Esta configuração já existia para os pilares. Neste caso, os critérios foram apenas aprimorados, evitando a sobreposição com todos os textos da forma e criando a indicação, quando necessária.

Figura 3 – Planta de formas com a posição do texto de vigas otimizada

Por fim, nesta etapa foram incluídas mais duas otimizações, mas agora referentes aos cortes:

  • Ajustes na posição das cotas dos cortes das vigas, que antes ficavam sobrepostos em alguns casos;
  • Possibilidade de interromper a linha de corte.

Figura 4 – Configuração para interromper linha de corte na forma

Figura 5 – Planta de formas nas versões anteriores: textos de cotas sobrepostos e linha de corte contínua

Figura 6 – Planta de formas na versão atual: textos de cotas ajustados e linha de corte interrompida

Se você gostou do conteúdo acima leia também

Comentários

7 respostas para “Otimização da planta de formas”

  1. CIRILO DE ALEXANDRIA ALMEIDA JR. disse:

    Legal perco bastante tempo com a forma ainda. Uma outra coisa que sugiro é integrar a forma das vigas baldrames com a locação de blocos, tratando o encontro dos dois e hachuriando tudo, até tem a opção de desenhar a fundação na forma, mas as vigas continua sem cortes na posição dos blocos, dessa forma fica irreal. Pois geralmente o costume por aqui é montar as formas do bloco de fundação nivelado com as vigas baldrames e após colocar todas as armaduras concreta-se tudo junto.

  2. RPM ENGENHARIA SC LTDA disse:

    Boa noite
    Seria possível as cotas virem em centímetros e as elevações nos cortes e outros elementos virem em metros, trabalhar com duas unidades diferentes dentro da mesma prancha, ficando a critério do usuário a escolha da unidade para cotas e elevações. Ao meu ver parece uma implementação muito simples e a muito tempo solicitada.
    Estamos habituado falar elevações em metros e nem sempre, quase que nunca, em centímetros, parece que soa estranho.

    Abs.

    Robson

  3. ROGER SCAPINI MARQUES disse:

    Gostei bastante do novo aprimoramento, mas gostaria de pedir uma opção de manter o texto da cota sempre no meio das linhas de chamada.

    Aproveitando que estão fazendo aprimoramentos gráficos, gostaria de pedir, em nome de todos, que resolvam de uma vez por todas o antigo erro de apoios sobrepostos. Não há mais desculpa para esse erro inaceitável e inexplicável continuar existindo! É muito comum que vigas fiquem parcialmente apoiadas em pilares, amigos! Chegou a hora de consertar isso, não acham?

Deixe uma resposta